Está aqui

Alentejo

Alentejo em seca extrema. Já quase não há água em algumas albufeiras

Os distritos de Beja e Évora encontram-se oficialmente em seca severa extrema. Portalegre está praticamente numa situação semelhante.

O Governo já declarou 78 concelhos do País em seca severa extrema, através de um despacho do Ministro da Agricultura, publicado ontem em Diário da República. A declaração visa minimizar os efeitos da seca na agricultura, aumentando o leque de apoios e flexibilizando as medidas de apoio previstas no Programa de Desenvolvimento Rural do Continente (PDR 2020).

Convento do Espinheiro em Évora vai ensinar culinária italiana a hóspedes e visitantes

O Convento do Espinheiro, Historic Hotel & Spa, em Évora, preparou uma programação verdadeiramente gastronómica para o mês de outubro. Hóspedes e visitantes podem aprender o que de melhor se faz na cozinha italiana, num workshop de pizzas e bruschettas, colocar as mãos literalmente na massa para uma aula de pão alentejano e adoçar paladares com uma lição de pastelaria.

José Calixto reeleito presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, foi ontem reeleito Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMAC, mantendo este cargo até setembro de 2020.

A Vice-Presidência será assegurada por Carlos Pinto de Sá, Presidente da Câmara Municipal de Évora, e António Recto, Presidente da Câmara Municipal de Redondo.

Competição internacional em K4 vai disputar subida do Rio Mira

Está agendada para o dia 12 de outubro a 3ª edição da Subida Internacional do Rio Mira em K4, entre Vila Nova de Milfontes e Odemira, numa distância de 30 km, disputados por cerca de 80 canoístas em 20 equipas.

A prova terá início na Praia da Franquia, em Vila Nova de Milfontes, sendo que o briefing com todos os participantes está agendado para as 11.00 horas e a partida para as 12.00 horas. A chegada das primeiras embarcações a Odemira está prevista para as 13.45 horas.

Viana do Alentejo abre candidaturas para bolsas de estudo a estudantes do superior

O Município de Viana do Alentejo abriu hoje as candidaturas para atribuição de bolsas de estudo aos alunos do concelho que frequentam o ensino superior.  Estas candidaturas decorrem até 30 de outubro. No ano letivo 2018/2019 foram apoiados 44 estudantes com a Bolsa de Estudo por Carência Económica, que visa apoiar os alunos no início e prosseguimento dos estudos, que comprovem ter dificuldades económicas e tenham aproveitamento escolar.

Ex-Combatentes homenageados em Santiago do Cacém

Os ex-combatentes da Guerra Colonial de Ermidas-Aldeia, Santiago do Cacém, foram homenageados no final da semana passada, com um monumento memorial.

Ministério anuncia novos investimentos em mais regadio para o Alentejo

O Programa Nacional de Regadios do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, continua a ser posto em prática e foram anunciadas, pelo ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, as homologações para 6 novos projetos de regadio.

Criada empresa intermunicipal para gerir águas no norte alentejano

Foi criada pelos municípios de Alter do Chão, Arronches, Castelo de Vide, Crato, Fronteira, Gavião, Marvão, Nisa, Ponte de Sor, e Sousel a Empresa Intermunicipal de Águas do Alto Alentejo.

Esta empresa - com capitais 100% municipais - será a responsável pela gestão da distribuição de Águas de Abastecimento Público e recolha de efluentes.

Sector agroalimentar gera negócios de 18 mil M€ em 2018

O setor agroalimentar gerou, no ano passado, um volume de negócios de 18 mil milhões de euros, revelou um estudo da Iberinform, filial da Crédito y Caución.

Este setor representa agora 5,2% do total de exportações do País em valor, sendo composto por 24.607 empresas - 70% são microempresas – e continua a crescer e com mais investidores, registando mais 1.145 novas empresas desde janeiro.

Beja (9%) está no terceiro lugar de uma lista encabeçada por Lisboa (13%) e Porto (10%) no que toca a distritos com maior número de empresas agroalimentares.

Os alentejanos morrem mais cedo

Um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE) e que revela que os alentejanos vivem menos que os habitantes das outras regiões.

Estes dados sobre a esperança média de vida em Portugal revelam que a região do Cávado, com destaque para Braga, é a região com maior longevidade, estando o Baixo Alentejo no polo oposto, a para das ilhas, as áreas onde os indicadores de esperança de vida, à nascença, é mais baixa.

A diferença da esperança média de vida de Braga para o Baixo Alentejo, como por exemplo nos concelhos de Mértola ou Aljustrel, é de 3,05 anos.

Páginas