Alentejo Litoral

Lançado concurso para a expansão do Terminal XXI no Porto de Sines

A PSA Sines lançou o concurso para a expansão do Terminal XXI no Porto de Sines, num investimento de 16,5 milhões de euros que irá permitir aumentar a capacidade de movimentação de contentores.

De acordo com a Lusa, a Administração do Porto de Sines (APS) adiantou em comunicado que a fase de ampliação do Terminal de Contentores, a cargo da concessionária PSA Sines, “compreende a construção de mais 204 metros de cais” para “dotar o terminal de um cais corrido com 1.150 metros até ao final de 2021, representando um investimento de 16,5 milhões de euros”.

Azeite “Manos Lince” ganha medalha de ouro em concurso internacional

O azeite “Manos Lince”, produzido no concelho de Alcácer do Sal, conquistou a medalha de ouro do concurso de azeite “Dubai Olive Oil Competition”, que teve lugar esta semana, revelou o município.

De acordo com a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, este concurso avaliou 287 produtores, provenientes de 17 países, tendo tido jurados credenciados na prova dos azeites.

PS recomenda adaptação de prazos para regime de habitação dos trabalhadores do Mira

O Partido Socialista (PS) recomendou ao Governo a alteração da resolução que estipula as condições de habitabilidade dos trabalhadores agrícolas do Mira, para que seja garantida “a salvaguarda das regras da DGS [Direção-Geral da Saúde] até finalização do período de instalação das soluções transitórias” de habitação dos trabalhadores.

Porto de Sines contraria quebra acentuada no segmento de contentores

O Porto de Sines contrariou a tendência de quebras acentuadas na movimentação de contentores a nível global, registando apenas uma diminuição acumulada de 2% no primeiro semestre deste ano.

De acordo com a Lusa, a Administração do Porto de Sines (APS) explica em comunicado que, depois de se registar um primeiro trimestre de 2020 “bastante positivo” no segmento dos contentores, o segundo trimestre já “foi afetado pelo impacto da pandemia [de Covid-19] na economia mundial”.

Santiago do Cacém aumenta número de bolsas de estudo para o Ensino Superior

Considerando o impacto económico da pandemia da Covid-19 na economia e na vida dos seus munícipes, a autarquia de Santiago do Cacém, decidiu aumentar o número de Bolsas de Estudo a atribuir aos estudantes do Ensino Superior, para o ano letivo 2020/2021.

Porto de Sines é o único porto preparado em termos de eletrificação

O Tribunal de Contas (TdC), ao executar uma auditoria à Qualidade do Ar em Portugal, concluiu que os portos portugueses não estão ainda preparados devidamente para a eletrificação da economia e para desempenharem o seu papel na transição energética, à exceção do Porto de Sines.

Músicas do Mundo era este fim de semana, mas já há cartaz 2021

Este fim de semana, em condições normais, era o que marcava a realização da 22.ª edição do Festival Músicas do Mundo (FMM) em Sines e Porto Covo.

Cabo submarino Sines-Brasil foi declarado de Interesse Municipal

Foi declarado Projeto de Relevante Interesse Municipal a amarração em Sines do cabo submarino que fará a primeira ligação direta em fibra ótica entre o Brasil e a Europa.

Este projeto do consórcio EllaLink obteve a aprovação da declaração de Interesse Municipal pela Assembleia Municipal de Sines.

Para a autarquia, esta declaração revela a expectativa existente no concelho de que este projeto possa vir a contribuir “significativamente para a diversificação económica local e se traduza num novo hub nacional / ibérico de âmbito tecnológico e no domínio das telecomunicações”.

Empresa Medway inaugura plataforma logística em Sines

A Medway vai inaugurar, este mês, o seu Medway Terminal Sines na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, num investimento global de um milhão de euros.

Sagres vai ser produzida com cevada do Alentejo

A Central de Cervejas, dona da Sagres, vai criar uma fileira de produção de cevada dística no concelho de Alcácer do Sal com a implantação de uma área total de 100 hectares de produção de cevada, distribuídos por três produtores agrícolas e com uma estimativa de produção anual total de 300 toneladas de cevada dística. O projeto começou a ser desenhado em 2019 em conjunto com a empresa Agri Marketplace e vai ser implementado pelos produtores de arroz da região do Vale do Sado com garantia de aquisição dessa produção pela Central de Cervejas. 

Páginas