4 Outubro 2018      12:46

Está aqui

Praga de pombos obriga Câmara de Moura a intervir

A Câmara Municipal de Moura, no Baixo Alentejo, viu-se obrigado a lançar um plano de contingência para controlar a população de pombos, que aumentou exponencialmente e "está a colocar problemas de saúde pública e danos em edifícios e viaturas".
 
A situação é tão grave que o município, enquanto aguarda pelos resultados do trabalho de um conjunto de especialistas que tem consultado, já colocou em acção um conjunto de medidas imediatas para controlo da população daquela ave. Para o efeito tem colocadas armadilhas gaiola, com bebedouros e comedouros, para captura dos pombos, que são recolhidos para um pombal provisório da responsabilidade da autarquia.
 
O município está também a notificar os proprietários de prédios devolutos na cidade, para que os vedem de forma a impedir a nidificação e fixação de pombos no seu interior e a alertar a população para não alimentar os pombos e manterem os telhados e algerozes limpos.
 
 
Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão
 
 

 

 

 

 

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.