14 Julho 2019      13:29

Está aqui

Novo bloco de rega de Reguengos de Monsaraz "vai transformar a região"

Ao centro José Calixto e Capoulas Santos

José Calixto, presidente do Município de Reguengos de Monsaraz está convicto que o novo Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz, um investimento superior a 30 milhões de euros, vai "transformar a região com benefícios incalculáveis para a agricultura e particularmente  para a nossa viticultura".

As declarações surgem na sequência de um encontro de trabalho entre o autarca e Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, que estão a avaliar o processo de implementação do "maior investimento do Estado Português no nosso território", como adianta José Calixto.

O processo de candidatura do Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz (e também os de Viana do Alentejo e o de Évora) "foram recentemente apresentados pela EDIA (Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva) à Comissão de Avaliação e espera-se para breve o lançamento dos respetivos Concursos de Empreitadas Públicas", esclarece José Calixto, e que implicará igualmente um visto final pelo BEI - Banco Europeu de Investimentos.

O autarca não esquece "os anos negros em que todo o processo de expansão do perímetro de rega de Alqueva foi totalmente bloqueado" e considera que o Ministro Capoulas Santos, numa única legislatura, "conseguiu encontrar fontes de financiamento estimadas em quase 600 milhões de euros para implementar um ambicioso Plano Nacional de Regadios", que prevê ainda um segundo bloco de rega para a zona de Monsaraz.

O bloco de rega de Reguengos de Monsaraz vai receber água da Barragem de Alqueva e abrangerá cerca de 11 mil hectares de solos agrícolas.

 

Imagem de capa de portalalentejano.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.