3 Março 2016      18:18

Está aqui

A IMPORTÂNCIA DE SABER PRESTAR UM SERVIÇO

"A FERRUGEM DO SISTEMA"

Ontem, a propósito da polémica Uber-Táxis, o Sr. Ministro do Ambiente, proferiu uma declaração que o marcou definitivamente como defensor de uma das partes da contenda, assumindo que tinha a convicção que "o serviço da Uber é ilegal", tendo inclusive dito "porque foi um tribunal que o disse".

A um ministro espera-se que seja comedido, que defenda os interesses de todos os portugueses, independentemente de se ser mais favorável a um tipo de empreendedor ou não, a questão tem sido sucessivamente mal interpretada, porque a realidade é só uma, a Uber é apenas uma plataforma, os serviços são prestados por profissionais, devidamente habilitados, e que não se quiseram submeter à (aparentemente) toda poderosa Antral.

Analisemos então, sob o ponto de vista do consumidor, os serviços de ambas as partes:

- Não é incomum ouvirmos historias de sobrefaturação por parte dos Taxistas, também sendo frequente os carros terem uma higiene discutível, os condutores serem irascíveis, e por ultimo não fazermos a mínima ideia quem são, pelo que não são classificados em termos de qualidade pelo consumidor.

- Já do lado da Uber temos o custo claramente definido antes da viagem (frequentemente mais barato que no serviço concorrente), os carros são impecavelmente limpos, os condutores simpáticos e sujeitos a uma classificação (que segundo saber, dita que a existência de avaliações negativas obriga a exclusão da plataforma), e por ultimo, e não menos importante, a fatura é automaticamente emitida, sem cara feia por parte do prestador de serviço.

De facto, invés de aprenderem com a concorrência, o sector dos táxis fez o que muitos fazem quando querem manter o BAU (business as usual)... Ataca-se o concorrente, desvalorizando, ou denegrindo a sua operação, e não se faz a analise critica dos motivos que levam o consumidor a mudar.

Da minha parte, enquanto consumidor, irei escolher e usar os serviços da plataforma UBER, porque a realidade é insofismável e imutável, ainda que seja essa a vontade do presidente da ANTRAL... O serviço de Táxi esta obsoleto, não serve o cliente, nem dá boa imagem de Portugal aos estrangeiros.

Como nota final, espero que não tarde a justiça em apreciar as atitudes que muitos taxistas têm tido nos aeroportos nacionais, pois as suas acções tem sido altamente lesivas para o interesse do turismo de Portugal, e acima de tudo dos interesses dos consumidores em território Português.

 

Imagem daqui

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.