17 Agosto 2018      12:28

Está aqui

Évora: Corrida e Caminhada pelas crianças com cancro

“Acreditar faz-me mais forte” é o lema do Projeto Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, criada em 1994, e que no próximo dia 30 de agosto (quinta-feira) vai ser ajudada, em Évora, através de uma caminhada e corrida, a partir das 21h30, na Praça de Giraldo.

A exemplo do que sucedeu no ano passado com a iniciativa #Run4Autism, João Artur Tomáz, que recentemente se notabilizou ao ser o mais jovem atleta a completar a ultramaratona PT 281, surge agora o projeto Acreditar #EuNãoFicoIndiferente, “que visa a angariação de fundos a favor da Associação Acreditar, associação de pais e amigos de crianças com cancro”, explica.

Segundo este portalegrense, residente em Évora, tal “como no ano passado não existirá um valor de inscrição fixo, mas sim um donativo, não importa o valor, que reverterá na sua totalidade a favor do projeto ACREDITAR, havendo a oferta de uma pequena lembrança para assinalar o evento”.

Assim, no dia 30 de agosto, a partir das 21h30, na Praça de Giraldo todos os interessados em participar poderão optar por realizar uma caminhada de aproximadamente 4,5 quilómetros ou uma corrida ligeira de 10 kms, com os dois percursos a serem guiados.

 

Sobre a Acreditar

A Acreditar, com sede em Lisboa, e núcleos pelo resto do país, tem como missão tratar a criança ou o jovem com cancro e não só o cancro na criança ou jovem", promovendo a sua qualidade de vida e da família. Procura ainda ser a Associação de referência nacional na garantia dos direitos e na promoção da qualidade de vida na área da oncologia pediátrica.

É uma rede de partilha e de afetos feita de crianças, jovens, pais e amigos, criada em 1994 para enfrentar da melhor maneira as dinâmicas que o cancro infantil impõe, tentando proporcionar a todos a certeza de apoio num momento de incertezas.

Acompanha em todos os momentos da doença. Nas Casas da Acreditar, nos hospitais ou no domicílio, o apoio desdobra-se nos planos emocional, logístico, social ou outro que as famílias necessitem. Com a transparência, o profissionalismo, o coração e sobretudo a experiência de quem já passou pelo mesmo.

Existem para fazer a diferença, a que os torna a todos mais fortes porque os momentos difíceis são mais fáceis de viver quando as pessoas se unem.

 

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.