16 Fevereiro 2019      10:49

Está aqui

Beja PSD escolhe hoje novo líder envolto em polémica

Foi uma campanha nada pacífica a que leva hoje à escolha do novo líder da distrital de Beja do PSD.

Os candidatos Marciano Lopes e Gonçalo Valente concorrem para substituir o ainda líder João Guerreiro, mas a polémica, seja qual for o resultado, já está instalada pois Marciano Lopes já revelou pretender impugnar as eleições – seja qual for o resultado. Gonçalo Valente diz que esta atitude só tem um objetivo: descredibilizar a sua candidatura.

Marciano Lopes chegou mesmo a denunciar falta de "transparência" no pagamento massivo de quotas, nas secções de Beja e Ourique sendo que Gonçalo Valente respondeu às acusações dizendo referindo que são estas situações e afirmações – referindo-se a Marciano Lopes - que afastam as pessoas da política.

 Num universo de 450 militantes em condições de votar - menos 180 do que em 2016 – os social-democratas do distrito podem votar entre as 15h as 19h, nas secções de Beja, Ourique, Serpa, Odemira e Moura. Os militantes de Aljustrel, Alvito, Cuba, Ferreira do Alentejo e Vidigueira votarão em Beja, os de Barrancos em Moura e os de Almodôvar e Castro Verde em Ourique.

Uma das propostas apresentadas por Marciano Lopes é a de criar um fórum conjunto e interpartidário para celebrar uma aliança pelo desenvolvimento do território.

Gonçalo Valente propõe, entre outras medidas, fazer uma Convenção Anual, com quadros do partido a nível nacional, de modo a formar quadros autárquicos e fomentar a militância ativa.

 

Imagem de insonias.pt

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.