20 Outubro 2017      16:03

Está aqui

AGRICULTURA NO ALQUEVA FAZ-SE HÁ MILHARES DE ANOS

O Núcleo Museológico da Rua do Sembrano em Beja tem, desde ontem, uma nova exposição acerca da paisagem agrária do Baixo Alentejo na Pré-História. “A Agricultura não é de agora – Os primeiros agricultores do Alentejo” dá a conhecer mais um conjunto de materiais que correspondem a uma etapa determinante no processo de evolução da humanidade, quando, há cerca de 7 mil anos, através da utilização de novas técnicas e de novos materiais, da domesticação de animais e do cultivo da terra, o Homem deixa de ser um simples caçador e recoletor, passando a produzir alimentos, num processo que nunca parou de evoluir até aos nossos dias.

O acompanhamento arqueológico da construção do Projeto de Alqueva permitiu identificar os traços de uma paisagem antiga no subsolo da atual paisagem. Elementos que revelam formas totalmente inesperados da ocupação deste território no período do neolítico e calcolítico (IV e II milénios a.C.).

Esta exposição pode ser visitada de terça a domingo, entre as 9:30h e as 12:30h e das 14:00h às 18:00h

Fonte: Agroportal

Imagem de capa: Escultura em cerâmica representando um touro, com cerca de três mil anos e que foi recuperada no sítio arqueológico Cinco Reis 8, Alqueva

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.