22 Julho 2020      10:01

Está aqui

Santarém lança concurso internacional para recolha de resíduos

A Câmara Municipal de Santarém vai lançar um concurso público internacional para a recolha de resíduos urbanos por um período máximo de oito anos, no valor de 6 milhões de euros, avança a Lusa.

A decisão, tomada na reunião do executivo camarário de segunda-feira, foi também acompanhada pela aprovação e adjudicação das empreitadas para a requalificação da Avenida António dos Santos (2,4 milhões de euros), para a estabilização da Igreja de Santa Iria, na Ribeira de Santarém (901 mil euros), e também pela abertura de concurso para a requalificação do Largo da Alcáçova (904 mil euros).

Este concurso público internacional pretende contratar serviços de recolha indiferenciada de resíduos urbanos, manutenção, fornecimento, lavagem, desinfeção de contentores, recolha seletiva de monos e de resíduos verdes nas 17 freguesias rurais do concelho e a recolha de resíduos de construção e demolição e recolhas especiais de resíduos em todo o concelho.

Em comunicado, a câmara afirma que a adjudicação da empreitada de requalificação da Avenida António dos Santos é um projeto que visa “promover e definir a circulação pedonal, ao mesmo tempo que se redefine a circulação viária e o ordenamento do estacionamento”.

De acordo com o autarca Ricardo Gonçalves, o objetivo é “melhorar as condições de segurança rodoviárias e uma partilha coerente do espaço público, tendo em conta os diferentes modos de utilização, com vista a assegurar o aumento da qualidade de vida da população”.

Já a estabilização da Igreja de Santa Iria da Ribeira de Santarém irá permitir reabilitar uma igreja classificada em 1978 como Imóvel de Interesse Público, com financiamento europeu, através do Portugal 2020, no âmbito do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial celebrado entre as Autoridades de Gestão dos Planos Operacionais Financiadores e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Na mesma reunião, foi deliberada a integração do município na associação “Limpeza Urbana — Parceria para Cidades + Inteligentes e Sustentáveis”, que tem por finalidade “desenvolver os serviços de limpeza urbana nas cidades” e “reforçar a mobilização social para comportamentos mais responsáveis”.

Assim, a Câmara de Santarém passa a integrar uma rede constituída por 25 municípios, três empresas municipais e duas freguesias, que “pretende tornar as cidades mais sustentáveis e inteligentes, num contexto caracterizado pela produção excessiva de resíduos, pelo aumento da população nas cidades e por uma mudança de paradigma na limpeza urbana que passa pela economia circular, pela descarbonização e pela sustentabilidade”.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.