2 Maio 2015      13:56

Está aqui

BEJA

As Cáritas de Beja estão com falta de bens alimentares para poder fazer face aos pedidos de auxílio que recebem.

A quantidade de alimentos doados aquela instituição é pequena e está a diminuir e a instituição já teve que recorrer ao Fundo de Emergência Social da diocese para comprar os bens essenciais para entregar os cabazes mensais a famílias carenciadas.

À Lusa, Florival Silva, presidente da Cáritas de Beja disse “Desde finais de janeiro que a maioria dos géneros alimentares», excedentes da União Europeia e provenientes do Banco Alimentar Contra a Fome de Beja, doados à instituição para compor os cabazes, está esgotada.”

Esta instituição, de cariz religioso, fornece cabazes mensais com géneros alimentares a 66 famílias do concelho de Beja, prevendo-se que a situação só se minimize com a próxima distribuição de géneros alimentares do Banco Alimentar Contra a Fome de Beja, prevista para maio.

Além da distribuição de cabazes, a Cáritas de Beja fornece alimentação diária a 39 pessoas no seu refeitório e 54 famílias na sua cantina social.

 

Imagem de aqui.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.