11 Outubro 2015      01:00

Está aqui

5 PRÉMIOS BPI SENIORES PARA O ALENTEJO

Criado em 2013, o Prémio BPI Seniores tem por finalidade apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento ativo de pessoas com idade superior a 65 anos.

O Prémio BPI Seniores já recebeu 1682 candidaturas e distinguiu 78 instituições tendo entregue, no total do 3 anos, cerca de 1,7 milhões de euros a diversas instituições privadas sem fins lucrativos, de norte a sul do país.

Este ano, foram premiados alguns projetos alentejanos:

  • a Fundação Nossa Senhora da Esperança em Castelo de Vide (Portalegre) – num projeto de criação de mais acessibilidades e maior conforto que consiste em criar acessibilidades à volta do Lar do Convento, para que o espaço possa ser usado por idosos com mobilidade reduzida e promover locais de convívio e encontros intergeracionais no espaço exterior da instituição – foi apoiado com 17.550€;

  • a Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa (Évora) – num projeto de Combate ao isolamento, através da criação e apoio de uma equipa multidisciplinar para visita a idosos que vivem em zonas isoladas, prolongando a possibilidade de se manterem a viver nas suas casas e execução de pequenas obras e reparações domiciliárias e, sempre que necessário, acompanhar os idosos na realização de actividades diárias, como ida à farmácia, compras, entre outros. Valor: 34.548 €:

  • a Fundação de Solidariedade Social - Lar e Centro de Dia Nobre Freire (Beja) – um projeto para o apoio domiciliário completo – juntando ao apoio domiciliário tradicional, serviços regulares de fisioterapia e de estimulação cognitiva, proporcionando um acréscimo significativo na qualidade de vida dos idosos em situação de carência e isolamento e criação de parceria com grupo de voluntários da cidade, para visitas domiciliárias, fomentando contacto dos idosos com o exterior. Apoio de 12.363€;

  • a Santa Casa da Misericórdia de Vila Alva em Cuba (Beja) – projeto fisioterapia para todos – pretende a criação de de um gabinete de enfermagem e sala de fisioterapia, abertos à comunidade, num contexto rural, extremamente carenciado e envelhecido de modo a dar resposta às inúmeras necessidades da população local, ao nível de cuidados de saúde e prevenção de quedas. Um projeto apoiado em 7.872€;

  • o projeto a “NOSSA TERRA” na aldeia de Palheiros, em Ourique (Beja) e que pretende o Combate ao isolamento através do equipar o centro de revitalização da aldeia de Palheiros, composto por sala de educação e formação, sala de convívio e espaço de saúde e a programação de múltiplas actividades, tais como, fisioterapia, sessões de cinema, ateliers de pintura, workshops, entre outras. Valor do prémio: 28.000€.

 

Imagem daqui

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.