Está aqui

Artigos publicados

CHOQUE, GRANDES FEITOS E ENERGIA

“Eu e os políticos”

Foi este o título do livro de José António Saraiva que chocou o país em vários quadrantes, trazendo a público episódios da vida íntima de políticos portugueses do alto panorama nacional.

Quando no ano passado li sobre a publicação do livro e percebi o seu conteúdo, fiquei totalmente incrédulo, não querendo acreditar que um indivíduo com a experiência, posição e currículo do José António Saraiva iria escrever uma obra desta natureza que, além de expor os protagonistas, implicou também pessoas à sua volta. 

O MUNDO NÃO PÁRA DE NOS SURPREENDER

Violência doméstica na Rússia

GRAFIA, POLÍTICA E MEMÓRIA

Pára tudo ou Para tudo!

Como grande crítico do Acordo Ortográfico que entrou em vigor em 2015 (nas minhas crónicas nunca adoptei a nova grafia), é com enorme satisfação que olho para a proposta da Academia de Ciências de Lisboa (ACL) sobre este assunto, sugerindo um conjunto de alterações essenciais para pôr termo ao caos que se está a verificar na grafia portuguesa.

ADEUS A UM DOS GRANDES...

Adeus a um dos grandes, direito a “desligar” e Geringonça

Palavra do ano: Geringonça

Tendo sido utilizada pela primeira vez por Paulo Portas, no sentido de caracterizar negativamente o acordo feito à esquerda para governar Portugal, a verdade é que a palavra geringonça “pegou de estaca”, reflexo de um bom desempenho do governo na demonstração de uma política alternativa que está a devolver a confiança aos portugueses, não só a começaram a utilizar de forma positiva como a elegeram palavra do ano.

2016 UM “ANO DE LOUCOS”

Com grandes perdas

O ano de 2016 foi sem dúvida marcado por perdas, pelo desaparecimento de grandes personalidades que marcaram o século XX.

Em todas as áreas da sociedade perdemos pessoas que deram um grande contributo nas conquistas da humanidade e do país: Muhammad Ali e Cruijff no Desporto; Prince, David Bowie e Leonard Cohen na música; Almeida Santos na Política; Alan Rickman e Nicolau Breyner na representação; Umberto Eco pelos contributos historiográficos ou João Lobo Antunes e Nuno Teotónio Pereira na Medicina e Arquitectura, respectivamente.

SISTEMA, ADMINISTRAÇÃO E NAÇÕES UNIDAS

Mais um voto anti-sistema

Apesar de se ter verificado um certo alívio pela nomeação presidencial de um novo primeiro-ministro em Itália, afastando um cenário de eleições antecipadas com sondagens vitoriosas para um partido eurocéptico, a situação italiana está longe de ser pacífica.

 O voto expressivo do “não” no refendo italiano (65%), que levou à demissão do chefe de governo Matteo Renzi, é um exemplo claro de mais um voto anti-sistema no mundo ocidental.

BOAS NOTÍCIAS | MÁS NOTÍCIAS

Luz verde de Bruxelas

Uma pequena nota para a resposta positiva da Comissão Europeia em relação ao Orçamento português para 2017 – o governo pode avançar com os planos para o próximo sem necessidade de medidas adicionais.

Afinal havia mais para além do bom aluno que queria ser mais troikista que a troika, afinal há alternativa e nós estamos a construí-la da melhor forma. 

 

No caminho do crescimento

HAVERÁ MUDANÇA?

Web Summit Lisboa

É de facto um grande evento de tecnologia, inovação e mostra de novas empresas, mais especificamente aquelas com o novo conceito de startup, consegue mover investidores, criadores de tecnologia e uma grande quantidade de visitantes, contudo, qual é a mais-valia real para a vida do país?

A SEMANA QUE PASSOU

Orçamento do Estado

Menos austeridade (sobretaxa de IRS ou pensões) e menos “aumento cego” de impostos (IVA), mais adequação e enfoque em áreas estratégicas de recolha de receita estatal (álcool, tabaco, refrigerantes, combustíveis, património acima dos 600 mil euros) são pedra de toque do novo Orçamento do Estado para 2017.

Páginas