Está aqui

Cultura

LUX ANIMA REÚNE ILUMINURAS

A obra Lux Anima. Iluminuras na Biblioteca de Évora - uma edição da Althum, coordenada por Antónia Fialho Conde,  e que partilha a autoria com Isabel Cid, Cristina Dias, Teresa Ferreira e Catarina Miguel, investigadoras do CIDEHUS e do Laboratório HERCULES, Centros de Investigação da Universidade de Évora – foi apresentada na passada semana em Évora e pretende dar a conhecer alguns exemplares representativos da coleção de iluminados (manuscritos e incunábulos) que fazem parte do acervo na Biblioteca Pública de Évora.

ÉVORA: TEMPLO ROMANO EM OBRAS

Foi com surpresa que a queda de um pedaço de mármore do Templo romano de Évora mostrou a necessidade de conservação do mesmo.

Vulgarmente conhecido ao longo dos anos como Templo de Diana, por acreditar-se que era dedicado a esta Deusa romana da lua e da caça – facto que não se comprova – este é um monumento ímpar a nível nacional e um marco inevitável do Alentejo.

ELVAS: “A HERANÇA NAZI” NO FORTE DA GRAÇA

“A Herança Nazi” é este o nome do segundo livro de Pedro Inocêncio e que será apresentado, amanhã, domingo, 24 de setembro, pelas 15.00 horas, no Forte da Graça, em Elvas.

“A Herança Nazi” é um romance histórico peculiar e promete ser um thriller perturbador e desconcertante, romântico e ousado, misturando ficção e realidade.

MUSEU DA PAISAGEM VAI SER REALIDADE NO ALENTEJO

Vai nascer em breve o Museu da Paisagem, direcionado para a salvaguarda da paisagem e do património imaterial do Alentejo.

O acordo já foi assinado por Bengalinha Pinto - Presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo e Ceia da Silva - Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo,.

A cerimónia decorreu no recém-requalificado Paço dos Henriques, em Alcáçovas.

POSTAS DE PESCADA

No Alentejo, antigamente, havia ursos. Já não há. Embora ainda haja em outros sítios do planeta, dizem. Confirma-se. Então é assim, antigamente, quando havia ursos no Alentejo, estes tinham personalidade. Tinham tanta personalidade que fazia impressão. Não havia forma de registar a personalidade dos ursos nesses tempos em vídeo, nem áudio. Era uma pena. Tudo era basicamente uma pena naquela altura e ao mesmo tempo bucólico e apaixonante.

VEM AÍ UM MERCADO… CRIATIVO

Durante dois dias - 22 e 23 de setembro – Évora vai ter um mercado diferente que vai misturar o comércio com a arte, a gastronomia e a cultura.

Será o “Évora Creative Market”, no Páteo de São Miguel, e onde vai poder comprar quase tudo, desde roupa, a acessórios, calçado, entre outros, em segunda mão. Ao vivo estarão artesãos a trabalhar e se a fome apertar pode comer numa das barraquinhas presentes.

Não faltará animação com o jazz de “O Quarteto”, na sexta ou o fado de Paulo Bragança, no sábado.

BEJA RECEBE SALÃO DO CAVALO

A cidade de Beja será, uma vez mais, o palco do Salão do Cavalo e que leva cavaleiros e apaixonados do cavalo, portugueses e espanhóis, a este certame.

De 5 e 8 de outubro em decorrerão várias competições e espetáculos com o mundo do cavalo sempre como tema, em especial o Cavalo Lusitano – mas também os produtos regionais e o vinho -  existindo vários pontos de animação distribuídos nas diversas áreas do recinto.

Decorrerão também duas galas equestres nos dias 6 e 7: “Origem Lusitana”, Charanga a Cavalo da GNR e International Horse Show.

 

ELVAS: ESTÁ AÍ O S. MATEUS 2017

Muita música e muita diversão juntam pagão ao religioso da romaria em honra ao Senhor Jesus da Piedade, em Elvas, para celebrar a edição de 2017 da Feira de São Mateus.

De 20 de setembro a 1 de outubro, Elvas - cidade Património Mundial e com o maior sistema de fortificações abaluartadas terrestres do mundo – será recebe mais uma edição de uma romaria que marca a tradição do povo alentejano.

SPRING BREAKERS, (DIS)HARMONY ACCORDING KORINE AND DESPERATION (OVEREMPHASIS) OF ME

Não podendo ser de outra forma, que seja desta: releio um texto (não suporto a palavra!) com alguns meses sobre Spring Breakers. Palavras exaltadas e pouco medidas. Como se não bastasse, releitura mal dormida, após uma mudança de hora que roubou pelo menos uma. Definitivamente volve-se contra a mão que o escreveu (não ao ponto de cuspir no prato onde come e terá de voltar a comer), forma derradeira e galhofeira de masoquismo, mas esta última apenas por estar travestido de trecho de diário, como uma dentada nos calcanhares de tempos a tempos com o propósito de evitar o esquecimento.

SETE SÓIS E ACHIGÃS FAZEM BRILHAR ODEMIRA

Em Santa Clara-a-Velha, Odemira, o achigã é rei e senhor este fim de semana com a realização de mais uma edição do Festival do Achigã.

Com o objetivo de promover a região e este “petisco”, o certame conta as inevitáveis provas desta iguaria, mas também com mostras de artesanato e espetáculos musicais, sendo que, às 5 da manhã será servida a tradicional “Açorda Alentejana”, oferta da organização.

Mas Odemira tem mais para oferecer este fim de semana com o XXV Festival "Sete Sóis Sete Luas".

Páginas